BOSQUE DA CIÊNCIA

Sobre uma passarela de concreto suspensa, de onde se avista o bosque na altura da copa das árvores, admira-se uma tanimbuca, árvore com mais de 30 m de altura e idade estimada em 600 anos. Informações sobre a floresta são dadas no espaço Casa da Ciência, onde há palestras sobre estudos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Os tanques do peixe-boi e da ariranha ficam rodeados de crianças. Projetado e estruturado para fomentar e promover o desenvolvimento do programa de Difusão Científica e de Educação Ambiental do INPA, ao mesmo tempo preservando os aspectos da biodiversidade existente no local. Um de seus objetivos é o de oferecer à população uma nova opção de lazer com caráter sócio-científico e cultural, propiciando aos visitantes, interesse pelo meio ambiente, além de oferecer atrativos turísticos e entretenimento.  É um pedaço da floresta dentro da cidade.